Ficou Desempregado? E agora? O que fazer?

04/04/2017

Quatro coisas fundamentais nesse momento:



A demissão é muitas vezes inesperada e pega você de surpresa. Você precisará de alguns dias para absorver a nova situação, e até para entender o seu novo momento.

Mas isso não pode passar de alguns dias! Depois de se refazer da notícia, você tem que seguir adiante! O tempo médio para recolocação pode chegar a 15 meses, portanto, a hora de começar a agir é logo.

E para isso é fundamental que você tenha:

1) MOTIVAÇÃO: É...parece contraditório, mas se você não estiver motivado para buscar emprego, tomar as rédeas da situação e AGIR, você vai demorar mais tempo para sair dessa. Portanto, a inércia não vai te ajudar em nada! Sentir pena de você mesmo, também não. O emprego não vai te encontrar em casa. Você é quem precisa AGIR, e para isso, MOTIVAÇÃO é fundamental! Organize seus pensamentos e pense em começar pelo seu curriculum: atualize-o, coloque-o mais atrativo, contendo os resultados que atingiu nos seus empregos. Atualize seu perfil no Linked IN. Coloque seus dados de contato no seu perfil (telefone, email) e torne-o público. Coloque seus cargos ou expertise no perfil: recrutadores buscam profissionais por palavras-chave e se você só colocar "Em busca de recolocação", você não aparecerá nas buscas!! Encontre vagas.

2) FOCO: Você precisará ter foco, ou seja, manter-se focado no seu objetivo, que é buscar oportunidades de emprego. Para isso, precisará dedicar um tempo diário para essa atividade e pode começar se cadastrando em sites gratuitos de vagas como Indeed, Vagas, Linked in e em sites de empresas que sejam seu ALVO como empregador, ou que contratam profissionais no seu perfil, em sites de CONSULTORIAS DE RH, etc...e aplicar para as vagas no seu perfil. Se você não se mantiver focado, desviará seu tempo para fazer outras coisas e quando perceber, não buscou emprego e não aplicou a vagas ou fez networking.

Tenha sempre o Plano B, ou seja, um segundo plano para sua recolocação, que pode ser abrir seu negócio, atuar como consultor independente, fazer parcerias na prestação de serviço autônomo, dentre outras possibilidades. Ao ter seus OBJETIVOS profissionais de forma clara, você aumentará suas chances de recolocação no mercado.

3) NETWORKING / RELACIONAMENTOS: Networking é muito importante nesse momento. A internet é uma aliada, portanto, fortaleça seu networking: faça contato com seus amigos e colegas de trabalho, de faculdade, de cursos, de ex-empregos, de redes sociais, e informe que você está em transição de carreira, buscando recolocação. Certamente, os amigos e colegas podem saber de oportunidades que se encaixem no seu perfil. Deixe seus contatos (whatsapp, email, telefone) para que eles compartilhem vagas com você. Ter várias pessoas buscando vagas no seu perfil aumentará suas chances de se recolocar!!

4) RESILIÊNCIA: Resiliência é a capacidade de se refazer diante de dificuldades ou frente à mudanças que te afetam. É o " cair e levantar" mesmo diante de situações difíceis! Você passará por entrevistas e receberá resultados negativos sim. Porque isso é a REALIDADE. É estatística: você tem um percentual de chance de sucesso a cada tentativa. Se prepare para isso, porque faz parte. Entenda que estar preparado para o que vai enfrentar, te ajudará a se reestabelecer! Você passará por situações difíceis e sentir-se derrotado (a), não te ajudará em NADA! Só te empurrará para mais longe dos seus objetivos. Você precisa se reerguer e continuar lutando! Pense o seguinte: Não foi dessa vez, será da próxima. De que me adianta ficar lamentando o NÃO? Vá buscar o SIM!!

Tenha fé, acredite no seu potencial, acredite na sua capacidade como profissional. Isso ajudará você a transmitir isso nas entrevistas. Te dará segurança para conversar com o recrutador.

Fortaleça sua FÉ e sua espiritualidade. Estar forte de espírito também te ajudará a manter-se resiliente. Cuide da sua saúde e aproveite o tempo para estar junto de pessoas que te fazem bem e te elevam o astral! Ter momentos felizes, apesar da dor, é muito importante para se manter Resiliente, com motivação, foco, e na construção de relacionamentos e na manutenção dos antigos.

Esse é um CICLO NECESSÁRIO no momento do desemprego. Ele se retro-alimenta.


Claudia Sanches

Coach de Carreira e Consultora de RH

csanchescoach@gmail.com

21-97520-6104