Como diminuir a ansiedade

Atualizado: 26 de Ago de 2019

A ansiedade é uma resposta NATURAL do organismo para alertar nossa mente sobre alguma situação de “perigo”. Ela gera sensações, normalmente, desagradáveis como dor no estômago, medo, mãos suadas, transpiração em excesso, coração acelerado, etc...

Ansiedade não é depressão. Depressão é uma doença e precisa de tratamento medicamentoso. Não confundam. Sentir ansiedade é normal. Todos nós sentimos em algum momento da nossa vida, por vivenciarmos situações que gerem esse “estresse” emocional.

Entretanto, não saber lidar com situações de pressão, ficar colocando altas expectativas em algo que ainda não aconteceu, imaginando como será ou antevendo um “fracasso” seu que não aconteceu, e talvez, nunca acontecerá, gera ansiedade em excesso.

Se você identificou vários sintomas associados à ansiedade, merece atenção. Você precisa fazer alguma coisa a respeito, para que ela não evolua.

Quem tem muita ansiedade, tem ALTO NÍVEL de energia (estão ligados no 220Volts o tempo inteiro), e colocar essa energia para fora, ajudará a amenizar os sintomas.

Há terapias, como o Thetahealing (cura energética), por exemplo, que identifica as crenças limitantes que geram a ansiedade e é possível desbloquear essas crenças.

Existem estudos que dizem que se você passar 15 minutos por dia interagindo (convivendo ou brincando) com animais, você terá a diminuição gradativa do seu nível de ansiedade. Se você tem um PET, aproveite para prestar mais atenção nele e interagir com ele.

A ansiedade está ligada principalmente a sua forma de interpretar situações e de resolver problemas. Como você enxerga situações-problema? Você consegue lidar bem ou sempre acha barreiras imensas a serem ultrapassadas e se acha incapaz de passar por elas?

Sua forma de ver os problemas do dia-a-dia são negativas demais?

Você acha que furar o pneu do carro na ida para o trabalho é algo muito estressante, que só acontece porque você é uma pessoa azarada, e você se sente muito mal com isso?

A ansiedade é principalmente gerada pelo seu OLHAR para tudo o que acontece em sua vida (acredite). Você produz isso porque sua mente entra num ciclo vicioso de pensamentos e padrões de reação de forma crescente. E quanto mais você entra nesse ciclo comportamental vicioso, mais o nível de ansiedade cresce, se você não “frear”. Se não tratada a ansiedade, vira TAG (Transtorno Generalizado de Ansiedade). O TAG é tido como um transtorno de “preocupação excessiva ou expectativa apreensiva”, e só pode ser tratado a nível medicamentoso + terapia comportamental cognitiva ou terapia quântica.

O

Coaching

não é terapia, mas é uma técnica que trabalha cognitivo-comportamental, ensinando você a “se observar” em todas as suas interações ou em situações específicas onde você já sabe que há aumento do seu nível de ansiedade e adrenalina.

Através da PNL, técnica de mentalização, desassociação (que consiste na auto-observação de suas reações, emoções e sentimentos durante uma vivência) e outras técnicas usadas nas sessões de Coaching, você consegue entender COMO você funciona, COMO você reage, PORQUE VOCÊ reage daquela forma, e mudar o jeito de olhar, interpretar e de reagir, desenvolvendo melhor controle sobre você mesmo e sobre suas emoções.

Você aprende a entender inclusive, onde começam os sintomas físicos no seu corpo (nas mãos suadas, no coração acelerado, no estômago). Há sessões, onde eliminamos o sintoma físico em 1 sessão (desde que o coachee esteja consciente de onde está esse sintoma físico).

Mas aqui vão algumas dicas simples para você melhorar seu nível de ansiedade:

1) Respiração Profunda: A respiração profunda, ao encher seu peito de oxigênio na inspiração e ao soltar o ar mais demoradamente na expiração, repetindo isso, pelo menos 5 vezes, durante algumas vezes ao dia, aliviará sua ansiedade. A respiração e o oxigênio podem fazer milagres em nossa mente.

2) Baixar a energia: Fazer exercícios ou caminhadas para aliviar a tensão. Durante a caminhada ou exercício, mantenha o FOCO no Aqui-agora (não pense em problemas). Coloque um fone e ouça música.

3) Diminua o Café (aumenta a adrenalina ). Prefira Café descafeinado

4) Faça atividades de relaxamento como Yoga, Meditação ou massagem relaxante – ajudará você a se acalmar.

Medite pelo menos 10 minutos todos os dias! A meditação te conecta com a paz interior e com a sua fé.

5) Ouça músicas que gerem relaxamento. Na internet tem várias play lists – é só baixar. Deite-se, coloque a música e faça a respiração profunda todos os dias a noite antes de dormir. Aos poucos, sua insônia vai sumir. Essas são minhas dicas Coach para você!!

Terapias alternativas têm sido cada vez mais usadas para aliviar e diminuir a ansiedade. O Coaching e a terapia energética Thetahealing são eficazes para tratar a ansiedade, principalmente, quando é causada pela insegurança. O Thetahealing traz transformações e acalma a ansiedade, já sendo possível ver resultados com 1 sessão. Atendi uma pessoa que estava até tomando medicamentos receitados pelo psiquiatra, e quase entrando em síndrome do pânico, e com algumas sessões, ficou bem!

Se você quer melhorar sua inteligência emocional e autoconhecimento, diminuir sua ansiedade e o estresse emocional gerado por medos, frustrações etc..não perca esse Webnario gratuito que preparei com dicas para te ajudar: clique

aqui

e assista antes que saia do ar!

Boas reflexões!!

Claudia Sanches Coach

Inteligência Emocional & Carreira

Terapeuta Quântica Thetahealing

INSTAGRAM @claudia_sanches_coach Facebook: @claudiasanchescoach

21 97520-6104

(whatsapp)

© 2019 Claudia Sanches. Orgulhosamente Criado por Meu Marketing Online.