Você tem inteligência Emocional?

Como melhorar o controle emocional?


A inteligência emocional, medida pelo QE (quoeficiente Emocional), é a habilidade de conhecer suas próprias emoções, as emoções dos outros e saber “lidar” com elas.

Pessoas que têm inteligência emocional, são capazes de lidar com conflitos, buscando soluções, ao invés de manter o foco na discussão do problema.


Perguntam: O QUE pode ser feito, ao invés de POR QUE FOI FEITO? Quem fez isso?


Identificam SOLUÇÕES, expandem seus pensamentos, para buscar alternativas.


Não levam o PROBLEMA para o lado pessoal, mas sim, entendem a situação, entendem os motivadores dos envolvidos no problema, e controlam suas emoções ao lidarem com o problema.


A inteligência emocional reúne várias habilidades e pode ser desenvolvida.


Você pode “aprender”, aos poucos, como lidar com determinadas situações ou pessoas.

Algumas habilidades da inteligência emocional:


1. Autoconhecimento emocional - reconhecer as próprias emoções e sentimentos quando ocorrem;

2. Controle emocional - lidar com os próprios sentimentos, adequando-os a cada situação vivida;

3. Automotivação - dirigir as emoções a serviço de um objetivo ou realização pessoal;

4. Reconhecimento de emoções em outras pessoas - reconhecer emoções no outro e empatia de sentimentos; e

5. Habilidade em relacionamentos interpessoais - interação com outros indivíduos utilizando competências sociais.


Você precisa começar reconhecendo a si mesmo através do AUTOCONHECIMENTO, e a entender O QUE dispara em você determinadas REAÇÕES (IRRITAÇÃO, RAIVA, ANSIEDADE, MEDO, INSEGURANÇA). A partir desse reconhecimento, você pode escolher controlar suas emoções.


Ter empatia e se colocar no lugar do outro, é fundamental para conseguir estabilizar suas emoções e as emoções alheias, muitas vezes.


Somos energia! Tudo o que pensamos e sentimos, gera energia.

Já ouviu falar na energia do pensamento? Pois é, se você se mantém positivo, com pensamentos de otimismo, fé e com objetivos, você consegue vibrar nessa energia, e ela retorna a você.

Um cérebro sem objetivos, é um cérebro à deriva. Fica confuso e a possibilidade de levar você a perder o auto-controle, é bem maior.


Vários fatores contribuem para que você tenha uma inteligência emocional maior ou menor, e é se conhecendo, que será possível identificar as causas, para tratá-las.


Se você tem pensamentos NEGATIVOS, MEDO, RAIVA, atrairá mais situações que façam você se manter nessa baixa vibração.


Quanto mais positividade, mais as coisas darão certo em sua vida. No Coaching, entramos no estado de FLOW – entrar no fluxo da abundância: É quando você consegue alinhar sua energia vibracional; é quando você muda e tudo começa a mudar para melhor ao seu redor.

Sua vida começa a FLUIR.


Na terapia quântica ThetaHealing® que uso nos meus programas de Coaching, conseguimos fazer o alinhamento energético através dos Chakras, possibilitando que esse alinhamento seja imediato e REAL, abrindo mais rapidamente a sua fluidez. Esse processo de alinhamento energético gera leveza, suas vibrações ficam positivas e em equilíbrio.


Minha dica Coach para você é :

“Se observe mais” e tente descobrir como você funciona. Mas não se esqueça de ter empatia e avaliar o “outro” na situação ou no problema, para buscar o equilíbrio e uma solução, ao invés de deixar a irritação ou a raiva causarem ainda mais problemas (para você, principalmente).


Se você quer melhorar sua inteligência emocional, entender o que gera estresse emocional em você, assista a essa curta vídeo aula gratuita que ficará disponível por tempo LIMITADO. Clique aqui para assistir!


Boas reflexões!

Vamos pra cima!!

Claudia Sanches Coach

Inteligência Emocional & Carreira/Mentora de Líderes

PNL Practioner

INSTAGRAM @claudia_sanches_coach

Facebook: @claudiasanchescoach

21 97520-6104 (whatsapp)



© 2019 Claudia Sanches. Orgulhosamente Criado por Meu Marketing Online.